Seminário sobre Mercados Institucionais une parcerias para desenvolver estratégias para o acesso no Oeste do Pará

Naiane Vargas e Mauro Soave Jr.

Da esq. para a direita: Cássio Pereira (IPAM), Ana Paula Santos (FVPP) e Osvaldo Stella (IPAM)

Da esq. para a direita: Cássio Pereira (IPAM), Ana Paula Santos (FVPP) e Osvaldo Stella (IPAM)

A equipe do IPAM em parceria com a FVPP, realizou nos dias 18 e 19 de agosto o “Seminário sobre

Mercados Institucionais no Oeste do Pará”. O evento aconteceu na Casa Familiar Rural Dorothy Stang em Anapu /PA e contou com a participação de agricultores atendidos pelo Projeto Assentamentos Sustentáveis (PAS), secretarias municipais de Aveiro, Mojuí dos Campos, Senador José Porfírio, Pacajá e Anapu.

O objetivo do evento foi ampliar o conhecimento da equipe técnica, das lideranças e dos beneficiários do PAS acerca das políticas públicas do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) e do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), além de conhecer as oportunidades oferecidas por essas políticas públicas à agricultura familiar nos municípios em discussão e finalmente montar uma estratégia de acesso a essas politicas pelas famílias beneficiadas pelo PAS.

Para falar do PNAE o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) enviou como representante Nádia Alinne Fernandes, que apresentou contou a história do PNAE e os critérios de acesso.  Carlos de Castro, da União Nacional das Cooperativas da Agricultura Familiar e Economia Solidária (UNICAFES) apresentou o PAA e compartilhou com os presentes a experiência da organização com esses mercados.

Também compartilharam suas experiências com o PAA e o PNAE a Cooptrans, cooperativa responsável pela Cacauway, o Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Mojuí dos Campos e a Prefeitura de Itaituba.

Durante a primeira parte do evento, as palestras apresentaram aos presentes a oportunidade dessas políticas públicas para a agricultura familiar, os benefícios e dificuldades de operação e acesso e no final o Prof. Antonio Cordeiro da Universidade Federal Rural da Amazônia apresentou seu estudo de mercado da região Oeste do Pará, encomendado pelo IPAM.

Vale lembrar que por lei o PAA e o PNAE garantem no mínimo 30% dos seus recursos para produtores locais e agricultura familiar, garantia essa que foi estendida recentemente para as compras de todos os entes federados, como universidades, hospitais e forças armadas. Segundo os levantamentos do Prof. Cordeiro e do próprio FNDE, além da Prefeitura de Itaituba, essa porcentagem ainda não é destinada totalmente aos agricultores, ou seja, existe uma reserva de recursos para a agricultura familiar esperando para serem acessados e o IPAM, por meio do PAS viu aí uma oportunidade.

Após as palestras, os participantes foram convidados a elaborar estratégias regionais de acesso aos mercados institucionais, divididos entre Território da Transamazônica, Baixo Amazonas e BR-163. Um dos principais encaminhamentos foi a realização de seminários municipais sobre essas políticas em todas as cidades em que o PAS atua.

Esses seminários deverão ser realizados até o final deste ano para que os municípios e produtores consigam estabelecer parcerias até o próximo ano agrícola.

Participantes tiveram oportunidade de conhecer melhor os mercados institucionais e trocar experiências

Participantes tiveram oportunidade de conhecer melhor os mercados institucionais e trocar experiências

 

 

Tags: , , , ,

Nenhum comentário.

Deixe um comentário