Secretarias municipais de meio ambiente receberão apoio do Programa Municípios verdes através do projeto aprovado junto ao Fundo Amazônia

municipios_verdesO programa municípios verdes aprovou junto ao Fundo Amazônia um projeto que irá beneficiar 106 municípios participantes do PMV no Estado do Pará. O projeto disponibilizará recursos para o incremento das atividades de controle do desmatamento e a garantia de sustentabilidade dos recursos naturais. No inicio deste mês, em reunião em Belém, a equipe do PMV apresentou as diretrizes e normativas previstas no projeto para secretários municipais de Meio Ambiente e prefeitos de quinze localidades do Estado.

Trinta e quatro municípios participantes do PMV foram priorizados na aquisição desse recurso, isto porque apresentaram altos índices de desmatamentos nos últimos anos e seis deles por já terem sido desembargados pelo Ministério de Meio Ambiente (MMA). Estes serão contemplados com equipamentos, sistema de gerenciamento da gestão ambiental e bases georreferenciadas que facilitarão o monitoramento e o combate ao desmatamento. Além disso, será feita a formação continuada dos técnicos para que possam fazer um monitoramento ostensivo do território da região a que fazem parte

Nove municípios da região da Transamazônica e Xingu estão entre os 34 prioritários que receberão os benefícios. São eles Placas, Uruará, Medicilândia, Brasil Novo, Anapu, Pacajá, Senador José Porfirio, Porto de Moz e Gurupá.

Felipe Zagalo diretor do núcleo executor do PMV, destacou a importância do recurso para a região do Xingu “É de extrema importância trazer para essa região ações que visam o fortalecimento da gestão municipal, com foco ao combate do desmatamento ilegal, uma vez que nós entendemos que sem a floresta não conseguiríamos mais ter vida nesse planeta” afirma Zagalo.

A secretária de Brasil Novo, Zelma Campos, participou da reunião e destacou que “a aquisição desse recurso representa um salto de qualidade na gestão dos recursos naturais existentes em nossa região. Cada SEMA terá de fato e direito a condição de gerir adequadamente e com competência de gestão os seus recursos”.

O projeto terá duração de 3 anos, sendo que nesse período o PMV deverá acompanhar os municípios para que consigam cumprir suas metas.

Tags: ,

Nenhum comentário.

Deixe um comentário