Mecanização para produção de grãos aumenta produção agrícola em assentamentos rurais

Participantes reunidos no último dia de curso

A equipe do IPAM, em parceria com a prefeitura de Senador José Porfírio – PA, realizou nos dias 28 e 29 de julho um curso para capacitar agricultores no uso de mecanização agrícola para a produção de grãos. O curso foi realizado na Casa Familiar Rural (CFR) de Senador José Porfirio, e contou com a participação de agricultores beneficiados pelo projeto “Recuperação de áreas alteradas para a produção de alimentos em propriedades de agricultura familiar de Placas, Uruará, Medicilândia, Brasil Novo, Anapu, Pacajá, Vitória do Xingu e Senador José Porfírio”, agricultores envolvidos no Projeto Assentamentos Sustentáveis e alunos da CFR.Durante o curso, a equipe do IPAM apresentou  técnicas para utilização da mecanização como alternativa para produção de grãos, destacando que o uso dessa tecnologia possibilita tornar áreas improdutivas em áreas de grande potencial produtivo. Além disso, evita a abertura de novas áreas de floresta para produção agrícola.

A última roça ’pé no toco‘ que fiz aqui, não colhi nada. Através do projeto eu consegui uma boa produção na minha área. O uso da mecanização também reduziu o desmatamento, a fumaça e o fogo”, afirmou o agricultor Siriaco Pereira de Oliveira.

No segundo dia de atividade, os agricultores foram a campo, onde puderam conversar com a equipe sobre os implementos agrícolas utilizados na mecanização e sobre técnicas de preparo do solo. Também puderam dialogar sobre os problemas que a mecanização para a produção agrícola utilizada de forma inadequada pode provocar no solo.

O técnico Marcos Barros mostrando algumas partes de uma grade aradora

O agricultor Wilson Ferreira da Silva, destacou a importância de participar do curso e os benefícios de trabalhar com mecanização “Com a roça mecanizada eu consegui produzir 45 sacas de milho em 1 h, o que eu não conseguiria da forma tradicional. E ainda produzi outros alimentos na mesma área.. Participar desse curso me ajudou muito, porque agora sei técnicas que vão ajudar muito na minha produção”. Esta foi a primeira capacitação realizada no âmbito do projeto “Recuperação de áreas alteradas para a produção de alimentos em propriedades de agricultura familiar de Placas, Uruará, Medicilândia, Brasil Novo, Anapu, Pacajá, Vitória do Xingu e Senador José Porfírio”. A partir do mês de agosto será dada continuidade na atividade com a realização do curso e dia de campo para as famílias dos demais municípios participantes do projeto.

 

Nenhum comentário.

Deixe um comentário